A vida é demasiado simples para a complicarmos

Na casa dos meus pais tínhamos adega. O meu pai era produtor de vinhos. Ele e a minha mãe passavam dias na adega a por e tirar mangueiras, a controlar a fermentação, a tratar da lagaragem, que foi arte da qual nunca percebi muito e a única coisa que sabia fazer era por a prensa a trabalhar e controlar essa parte. Da uva sempre percebi pouco. Do vinho muito menos. Eles sabiam e faziam. E sabiam o que faziam, porque faziam-no bem.
Havia sempre um depósito que tinha o vinho melhor. Um deles era o 29. E do 29 saía um vinho branco delicioso. Produziam mais brancos que tintos. Aprendi a gostar do 29 e a gostar dos vinhos brancos. Os tintos não os percebia e dizia sempre “não gosto de tinto”. O meu namorado (hoje marido), apreciador de tintos, tentava que eu gostasse desses. Sempre que jantávamos, ele queria tinto, eu branco, ele queria carne, eu peixe. Isso não era causa de desentendimento. Característica dele, que é teimoso, foi insistindo em ensinar-me a gostar de tintos, a apreciar os tintos e saborear melhor as castas. Não precisou de muito tempo para que eu substituísse o 29 por uns tintos alentejanos ou do dão, e que passasse a apreciar as carnes. Deixei de ser parva esquisita e passei a gostar de um bom bife e de um belo tinto. Um tinto e um queijo e estou satisfeita.
Chego a casa, cansada de um dia de trabalho intenso e exigente. É tarde, tenho de preparar o jantar, que já são horas. Lavo as mãos e olho-me no espelho. O eyeliner matinal está completamente esbatido e confunde-se com as olheiras que me acompanham diariamente. Aconchego-me ao fogão e enumero a quantidade de coisas que ainda tenho para fazer. Vou preparando o jantar. Petisco um pedaço de queijo. Pego num copo de tinto e vejo-me feliz. A vida é demasiado simples para a complicarmos.

Sobre Regina

Acerca de mim? Sei lá! Tenho dias… Dias bons, dias maus! Momentos. As nossas vidas são feitas de momentos… Este espaço? É meu. Sobre mim. É o meu espelho… Disseram-me que o meu sorriso é o Espelho da minha Alma. E eu concordo.
Esta entrada foi publicada em Pensamentos com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s