Os dias fogem!!

Os dias correm. Fogem! Ontem era novembro, nem apetecia assimilar que o Natal se aproximava. No dia anterior tinham acabado as férias de verão! Foi Natal há dois dias. O mês de janeiro acabou num ápice. O Carnaval estava tão distante e, surpreendentemente, está aqui à porta. O calendário esgota-se com dias preenchidos. Coisas para fazer. Sempre coisas para fazer. Quantas mais se fazem, mais novas aparecem para fazer! Inexplicável! O anseio pelos fins de semana, com o objetivo de fazer, completar, terminar, concluir e descansar, perde-se em agendas preenchidas com isto e aquilo e corridas para aqui e para acolá. As noites são quase todas ocupadas com longas horas de deita de costas, fecha os olhos, abre os olhos, vira para a direita, vira para a esquerda, deita de barriga, tem calor, despe, levanta, tem frio, veste, deita de costas, fecha os olhos, abre os olhos, vira para a direita, vira para a esquerda, deita de barriga, tem calor, despe, levanta, tem frio, veste… enumeras tarefas para fazer, desejas que as horas passem depressa, queres que seja manhã, porque esgotas-te a tentar dormir (antes passe depressa), queres que seja de noite para conseguires dormir, queres dormir… sem quereres apontas na memória tudo o que tens para fazer, não te podes esquecer disto e daquilo, tentas esquecer o que tens de fazer, queres dormir, precisas de dormir, descansar, horas depois toca o despertador (que não precisava de tocar – estás acordada! ou então acabaste de pegar no sono, ao fim de contares os três mil duzentos e vinte sete carneiros (são carneiros ou são coisas para fazer, ou coisas para pensar!) e estás cansada, desgastada! Retomas o ritmo. Sempre a correria do costume. No fim de semana fazes… No fim de semana vais… Aquele compromisso ainda vem longe, é só para o mês que vem. Ontem despachaste um. No anterior mais outro, e no outro, outro… E aquele que está na agenda? A agenda está cheia! E dia livre é quando? E não tarda nada está aí o mês seguinte… E vem aí o Carnaval, e a Páscoa, e nas férias fazes… E já acabou o verão! O Natal chegou! Ai! O próximo compromisso é para a amanhã, para a semana, para o mês que vem, para a próxima estação, no fim do trimestre, para o ano que vem… Mas o ano que vem já passou e o primeiro mês já foi, e o mês passa a correr, e os fins de semana estão todos ocupados e a corrida nunca para…
E morres na mesma!
Mais ou menos cansada! Mais ou menos feliz! Mais ou menos perfeita! Mais ou menos preocupada!
Mas de vida cheia🙂

Sobre Regina

Acerca de mim? Sei lá! Tenho dias… Dias bons, dias maus! Momentos. As nossas vidas são feitas de momentos… Este espaço? É meu. Sobre mim. É o meu espelho… Disseram-me que o meu sorriso é o Espelho da minha Alma. E eu concordo.
Esta entrada foi publicada em Pensamentos com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s