Coisas do meu simples quotidiano.

Entro no elevador. Estão lá uma senhora e uma criança. Fico na dúvida se se trata de uma mãe tardia ou de uma avó prematura. Digo bom dia. A senhora responde. O miúdo com sete ou oito anos está entretido com o espelho. Ela toca-lhe no ombro e diz-lhe “responde bom dia à senhora”. Ele responde, mantendo-se de costas para mim e de frente para o espelho. Ela insiste em educá-lo. Volta a tocar-lhe e diz-lhe “vira-te para a senhora e diz-lhe bom dia. Ou estás a dizer bom dia ao espelho?”. Ele envergonhado e a disfarçar alguma timidez diz-me bom dia.
O elevador para. Ela dá-me prioridade. Atrás de mim empurra bruscamente a criança e desabafa de modo ríspido “diabo do miúdo”.
Fiquei a pensar nisto! Tão nonsense!

Sobre Regina

Acerca de mim? Sei lá! Tenho dias… Dias bons, dias maus! Momentos. As nossas vidas são feitas de momentos… Este espaço? É meu. Sobre mim. É o meu espelho… Disseram-me que o meu sorriso é o Espelho da minha Alma. E eu concordo.
Esta entrada foi publicada em Pensamentos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s