Os excessos parecem-se sempre melhores do que os defeitos!

Nem sempre tenho tempo para pensar em mim! Para olhar para mim!
A minha vida tem sido tão atribulada, tão cheia de problemas, tão cheia de dificuldades, que eu, quando ouso pensar muito nela, julgo-me cansada, porventura amargurada, e de todo, mal com ela! Isso angustia-me, mas passa-me depressa porque não tenho tempo para perder com minudências e as emergências das resoluções obrigam-me a pensar de outro modo e a preocupar-me com coisas mais palpáveis do que problemas existenciais! Na verdade, torno-me uma simplista, em que probleminhas de quotidiano como o que fazer para o jantar, que roupa vestir no dia seguinte ou os banhos da criançada, ou o tempo está de chuva e ai cuidado para que não se constipem, para mim nunca foram problemas. Sempre fui, acho, um pouco diferente. Nunca me preocupei demasiado com essas coisas que, considero, menores. Nunca tive preocupações por antecipação, nem nunca fui pessoa muito previdente. Sempre fui de resolver, na hora, o problema que surge. Não sofro por antecipação. Provavelmente porque me habituei a sofrer por obrigação! A gente vai levando pancada, e vai-se habituando! Ou vai-se defendendo, talvez seja mais isso! Há dias em que olho para o meu histórico e fico a pensar! Caramba! Isso é lá coisa que valha! Isso é lá coisa que valha a pena perder tempo a pensar!! Inverte lá as ideias que amanhã é outro dia! E é mais certo que me apareça uma qualquer dificuldade para resolver do que alguma coisa boa!
Ainda assim, pelo sim, pelo não, vou registar uma apostazita no euromilhões! Quem sabe, as ideias invertem-se mesmo, e eu passo a ter um outro problema maior! Um problema de dinheiro em excesso, no lugar de por defeito! Os excessos parecem-se sempre melhores do que os defeitos!

Sobre Regina

Acerca de mim? Sei lá! Tenho dias… Dias bons, dias maus! Momentos. As nossas vidas são feitas de momentos… Este espaço? É meu. Sobre mim. É o meu espelho… Disseram-me que o meu sorriso é o Espelho da minha Alma. E eu concordo.
Esta entrada foi publicada em Pensamentos com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s