4 é número de coisas boas! Anda lá 2014!

2014 é o ano – iniciou hoje –  e os anos a acabar em quatro têm sido, para mim, de mudança. Embora nunca me tenha apercebido antes, o 4 envolve-me. Curiosamente!

1974 foi ano de revolução e de grandes mudanças no país e, por consequência, na minha vida também. Marca pessoal do ano, talvez outubro que me leva à escola pela primeira vez e pelo inicio de um percurso.

1984 foi ano de grande prosperidade nos negócios da família, na vida da família, nos bens da família. Foi, talvez, dos anos melhores da minha vida, no tempo em que a minha família era aquela – Um pai, uma mãe e uma irmã.

1994 foi ano de criar a minha própria família e um futuro diferente, bem diferente, e bem melhor. Trouxe-me um dos dias mais felizes da minha vida, uma orgulhosa mudança e uma harmonia e uma paz que não tinha ainda conhecido.

2004 trouxe-me a minha segunda filha.  Uma explosão de amor, que quando se é mãe percebe-se. Sente-se. Sabe-se. Esta filha trouxe-me mais além do que a explosão de amor que a primeira filha me tinha trazido. Trouxe um desafio brutal, uma surpresa absoluta, e uma etapa diferente que me fez diferente, e me fez melhor.

O 4 surge assim na minha vida numa associação de coisas boas.
Os anos a terminar em 4 foram os determinantes, os de mudança, e de grandes mudanças.

4 é também a soma de dois 2, e dois 2 formam a data de nascimento das minhas filhas: ambas nasceram a 22.
Se me apetecer continuar a encontrar estas particularidades ou coincidências, sei lá, uma nasceu em maio (mês 5) e a outra em janeiro (mês 1) e 5-1 = 4
Quando a mais nova nasceu, a mais velha tinha 4 anos.
E eu nasci a 8 (4+4) do mês 8 (4+4)…
E se somar os algarismos do ano, termina em 4. E a soma dos algarismos da década dá 14.

E 14 é este, o novo ano.
Cá para mim, sei lá porquê, acho que vai ser ano de mudança.
De grandes e boas mudanças na minha vida…

Sobre Regina

Acerca de mim? Sei lá! Tenho dias… Dias bons, dias maus! Momentos. As nossas vidas são feitas de momentos… Este espaço? É meu. Sobre mim. É o meu espelho… Disseram-me que o meu sorriso é o Espelho da minha Alma. E eu concordo.
Esta entrada foi publicada em Pensamentos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s