Ando a 200.

A minha cabeça anda sempre a 200. No mínimo.
A 300 tantas vezes!
O meu tempo não chega.
O meu relógio é insuficiente para tantas horas e tantos minutos e tantos pensamentos que correm a uma velocidade estonteante…
De vez em quando, este cérebro (quase) louco, insano, excessivo, torna-se numa coisa normal, banal, vulgar…
E fica, por momentos, igual a tantos outros…
A pensar sem pensar, a agir sem agir, a ser sem ser, a estar sem estar…
Fica assim, uma coisa estranha, que pensa igual a tantos, que julga igual aos restantes, que concluí como todos os outros e que, aparentemente, tem tudo para ser normal…
Nestes momentos, e apenas nestes momentos, eu consigo definir-me.
De resto, cá ando com a cabeça a correr à frente do corpo…
E ele, apressado, a tentar segurá-la.

Sobre Regina

Acerca de mim? Sei lá! Tenho dias… Dias bons, dias maus! Momentos. As nossas vidas são feitas de momentos… Este espaço? É meu. Sobre mim. É o meu espelho… Disseram-me que o meu sorriso é o Espelho da minha Alma. E eu concordo.
Esta entrada foi publicada em Pensamentos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s