Particularidades sem importância

De repente, quase sem mais nem menos, apercebo-me de mudanças em mim, e também de repente, assim sem mais nem menos, apercebo-me de características que não perdi, nem alterei. Curiosamente, mudamos tanto e tão pouco!

Não sei costurar, nunca soube. Não gosto de lavores, nunca gostei. De vez em quando tenho de fazer uma bainha, coser um botão, pregar insígnias nas fardas das filhas… Apercebi-me que já não tenho visão suficiente para enfiar a linha no buraco da agulha!
Que desconsolo!!! Para além de não ser prendada nestas coisas dos lavores, já nem vejo bem para o fazer!!

Por outro lado, a propósito de um post de uma amiga no seu blog apercebi-me que mantenho um hábito, de sempre, de nunca dobrar um livro, nunca riscar uma folha, de não vincar as capas, nem sequer de colocar o nome para identificar os livros que me pertencem, sejam eles de leitura ou escolares!
Todos os meus livros têm apenas um vestígio meu: as folhas manuseadas…
E eu guardo, de todos eles, o conteúdo que absorvi.

Sobre Regina

Acerca de mim? Sei lá! Tenho dias… Dias bons, dias maus! Momentos. As nossas vidas são feitas de momentos… Este espaço? É meu. Sobre mim. É o meu espelho… Disseram-me que o meu sorriso é o Espelho da minha Alma. E eu concordo.
Esta entrada foi publicada em Pensamentos com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s