Passa? Passo!

Os electrodomésticos são um parceiro essencial na lides domésticas, e eu ao longo dos anos tenho tentado simplicar as tarefas das quais não posso escapar! Procuro sempre um “auxiliador”.
Há uns tempos abimbalhei por aqui a propósito da bimby, e um dia destes uma amiga disse-me que tinha disponibilizado o meu contacto telefónico para uma demonstração. Respondi-lhe “ok. eu não compro. já tive uma demonstração da qual não pude dizer não, mas a bimby ainda não me seduz!” e quando a promotora, que não sei quem é, me telefonar, pois lhe direi exatamente isso: não quero, não compro e já tive a demonstração.
A demonstração foi feita por uma amiga e apenas por isso acedi a que a mesma fosse efetuada; não comprei a dita máquina milagrosa porque tem um preço exageradamente caro e não estou, nem fiquei convencida das suas ‘inúmeras’ vantagens. Como eu não compro nada porque os outros têm ou porque os outros dizem que é bom, a minha amiga não teve outro remédio que não aceitar esta minha decisão, e as restantes promotoras, porque não as conheço de lado nenhum, aceitar o meu redondo não.
As minhas experiências com electrodomésticos são muito interessantes, porque eu quando tenho conhecimento de equipamentos que fazem as tarefas chatas em menos tempo do que eu própria e de forma mais eficaz fico toda entusiasmada e vai de tentar ver para crer os milagres anunciados.
Há uns anos, quando a Fagor lançou a máquina de engomar, fiquei entusiamadíssima e apesar do preço ser brutal eu andei tentada a comprá-la. Odeio engomar, é tarefa que nunca está em dia, porque todos os dias há roupa suja, todos os dias há roupa lavada, todos os dias há roupa a enxugar, e todos os dias há roupa para engomar… Uma invenção destas só pode ter sido criada uma alma iluminada e cansada da tarefa bem chata e cansativa.
Bom, mas andei eu de loja em loja a ver a bendita máquina, que mais se parece com um frigorífico, ouvia os vendedores a apregoarem o milagre, mas nunca consegui que algum deles me fizesse uma demonstração para eu ver efetivamente a benção das donas de casa a trabalhar convenientemente. Nunca comprei, claro está.
Que pena, porque ali o casalinho de tábua e ferro de engomar estão a rir-se para mim com ar descarado, e eu não me apetece nem vê-los!

Anúncios

Sobre Regina

Acerca de mim? Sei lá! Tenho dias… Dias bons, dias maus! Momentos. As nossas vidas são feitas de momentos… Este espaço? É meu. Sobre mim. É o meu espelho… Disseram-me que o meu sorriso é o Espelho da minha Alma. E eu concordo.
Esta entrada foi publicada em Pensamentos com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s