Mudei de opinião!

Afinal, mudei de opinião! Passados largos meses em que escrevi aqui que a justiça é justa, porque a entendo como a decisão do Juíz. E este decide em função da lei e das provas, acabo por reconhecer que esta afirmação não é verdadeira!
O juiz decide em função das suas crenças e se crê que uma das partes é verdadeira e outra é falsa, só tem em conta o que diz a parte em que ele é crente. Tudo o que a outra parte disser, mesmo verdadeira, ele não acredita. Acha que é falsa e desvaloriza. Da outra, considera tudo verdadeiro, e valoriza. Até as testemunhas ele classifica como muito credíveis ou nada credíveis, o que resulta, em depoimento muito importante ou depoimento a descartar!
Ora, em face disto, deixei de acreditar na justiça!
Porque percebi que os juízes, que eu achava que eram pessoas de equilíbrio e com capacidades superiores de perceção e sabedoria, afinal não conseguem identificar os lobos vestidos de cordeiros que têm a capacidade de ludibriar, encantar e enganar. E a sua experiência não é o suficiente para os tornar mais realistas, mais justos, mais sensatos, mais objetivos. São humanos. E erram. Porque não aplicam a lei, como ela deve ser aplicada, mas sim de acordo com as suas convicções. Acontece porém, que tal como os médicos, os seus erros são determinantes na mudança da vida das pessoas, e são irreversíveis, inapagáveis, e dolorosos. Tanto os juízes como os médicos, por negligência, por erro, por imperfeição, alteram vidas! Sem reverso!
No caso dos juízes, ou no caso dos juízes do meu caso, para além de prejudicarem vidas, ajudam outros a enriquecerem à custa de falsidades, de tramas e enredos bem feitos, de forma fácil e imoral!

 (cada vez mais acredito que, nos processos mediáticos, quando os advogados de defesa dizem que os processos estão minados, estão a falar a verdade. E não há forma de conseguirem a inversão disso. Porque o que está minado, minado fica!)
Anúncios

Sobre Regina

Acerca de mim? Sei lá! Tenho dias… Dias bons, dias maus! Momentos. As nossas vidas são feitas de momentos… Este espaço? É meu. Sobre mim. É o meu espelho… Disseram-me que o meu sorriso é o Espelho da minha Alma. E eu concordo.
Esta entrada foi publicada em Pensamentos com as etiquetas , , . ligação permanente.

Uma resposta a Mudei de opinião!

  1. Anónimo diz:

    É exatamente assim. Mas eu que sou do meio, não posso, não devo falar. E o que mais me indigna é a grande promiscuidade que se verifica, quando o Ministério Publico (O acusador) priva com o Juiz.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s