MEC

Habituei-me a gostar do MEC (Miguel Esteves Cardoso). Despretensioso, descontraído, crítico, assertivo, irónico, sério, razoável, desequilibrado e irreverente. Gosto, sempre gostei e continuo a gostar.
Recentemente comecei a ver diversas afirmações do MEC e comecei a estranhá-lo!! Ou eu andava parva ou as suas qualidades tinham-se perdido por uma qualquer razão que não entendia…
É o que dá fazer leituras na diagonal, ou ler apenas as gordas!!
O MEC que afirma coisas estranhas é outro!
Afinal, existem em Portugal dois MEC’s. Um maior que outro, um mais pesado que outro, um menos divertido que outro, um mais influente que outro, um menos razoável que outro e um mais responsável que outro. Dois MEC’s que dizem coisas sérias. Um diz coisas sérias a brincar e o outro diz coisas sérias a pesar!
Um pode-nos influenciar o pensamento, o outro influencia-nos a vida!
Há um MEC muito mais influente que o outro! E mais perigoso, sei lá! Muda a vida de qualquer um!

Há o MEC  [Miguel Esteves Cardoso] e o MEC [Ministério da Educação e Ciência]. É só escolher!

Anúncios

Sobre Regina

Acerca de mim? Sei lá! Tenho dias… Dias bons, dias maus! Momentos. As nossas vidas são feitas de momentos… Este espaço? É meu. Sobre mim. É o meu espelho… Disseram-me que o meu sorriso é o Espelho da minha Alma. E eu concordo.
Esta entrada foi publicada em Pensamentos com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s