Se as peneiras fossem merda…

Quando eu era miúda, usavamos uma expressão para os vaidosos: “se as peneiras fossem merda, andavas todo(a) cagado(a)”. É claro que foi expressão de criança e acho que pela primeira vez coloco aqui uma palavra menos adequada! As minhas filhas não me ouvem dizer e não gostarão de ler, e eu sou daquelas que acho que os pais devem dar os bons exemplos, razão pela qual nem falo, nem escrevo palavrão (embora os conheça todos, como toda a gente). Merda não é palavrão, é desabafo!
Canso-me de ver vaidades, de gente a pavonear-se e mostrar-se presunçosa e convencida. Estão carregadinhos de merda… de vaca, nem é de pombo! Cheiram mal, muito mal, embora cheios de perfume francês, caro, de roupas de marca e sapatinhos de verniz!!! Não têm onde cair mortos e quando morrerem vão deitados como todos os outros… Podem é ter menos gente no funeral!!

Anúncios

Sobre Regina

Acerca de mim? Sei lá! Tenho dias… Dias bons, dias maus! Momentos. As nossas vidas são feitas de momentos… Este espaço? É meu. Sobre mim. É o meu espelho… Disseram-me que o meu sorriso é o Espelho da minha Alma. E eu concordo.
Esta entrada foi publicada em Pensamentos com as etiquetas , . ligação permanente.

Uma resposta a Se as peneiras fossem merda…

  1. nunoanjospereira diz:

    Então fui aos arquivos bolorentos da minha memória, depois de ler o seu post e também em tempos idos usávamos uma expressão análoga e mais livre de censura: “Se a mania pagasse imposto, andavas todo(a) carimbado.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s